Motivation Letter Mestrado EIT ICT Labs

oi,

Hoje vou escrever sobre a temida Carta de Motivação, que não é temida por acaso, é o documento e etapa que mais vai tomar tempo do candidato e é também o documento mais importante na hora da seleção.

A melhor forma de você escrever é seguindo as guidelines que expressam muito bem o que se busca no perfil do candidato.

Vou replicar as guidelines aqui com algumas dicas…

CABEÇALHO

Você do futuro, cabe uma revisada nessa parte, se você estiver em 2015, esse deve servir.

EIT ICT Labs Master Schools Admission Department
Master School Office – KTH Stockholm
Isafjordsgatan, 26 – 164 40 Kista, Stockholm – Sweden

MOTIVAÇÃO

bobIntrodução:  Aqui você irá descrever sua motivação e resumir o porque deve ser selecionado para o programa, é indicado iniciar explicando o propósito da carta (with this letter I would hereby…), dizendo o programa que está se candidatando e as Universidades. Seja simples, esse parágrafo deve ser unicamente INFORMATIVO.

Excelência acadêmica e profissional, aqui você irá descrever o que prova que você é bom academicamente e o que prova que você será bom para o programa.

Sua ideia empreendedora, aqui você descreverá como surgiu a ideia, mostra que é inovadora e empreendedora e explica como pretende conectar essa ideia com o decorrer do mestrado. Não dê muitos detalhes sobre isso pois afinal eles serão mostrados nas páginas seguintes.

Mobilidade e finalização: Aqui você pode falar sobre suas experiências em mobilidade acadêmica (caso tenha) e descrever porque escolheu determinadas universidades, porque acha que será importante seguir esse caminho etc. Aqui é a hora que você fecha com chave de ouro dizendo o quanto admira a oportunidade e as Universidades.

Vamos às dicas gerais sobre essa parte:

-Sobretudo, nunca esqueça de demonstrar empreendedorismo e inovação, 

-Como já será enviado um currículo junto à inscrição, é recomendado que você não perca linhas descrevendo o que já está no currículo, aproveite para complementar sem r você deverá descrever toda sua motivação em apenas uma página, use-a com sabedoria.

Os títulos que coloquei são os que estão nas guidelines, recomendo dispensá-los uma vez que você pode discorrer sobre o assunto e criar conexões entre eles normalmente aproveitando melhor o espaço.

O PROJETO

hommerO projeto deve estar alinhado com o seu programa de estudos, por duas páginas você terá a chance de descrever porque ele é interessante, o que há de inovador e como pretende aplicar.

Aqui você deverá descrever

Motivações , o que te motiva, de onde surgiu a ideia e porque você acha interessante.

A ideia empreendedora: Explique do que se trata, o que se espera de resultado, as características.

Inovação: O que há de inovador, porque se diferencia do que já temos no mercado, que parcela da população iria se interessar etc.

Experiências e resultados: Caso você já tenha implementado algo, explique a que ponto encontra-se seu estudo, como foram os testes até o momento, o que está pronto etc.

Plano de negócios: Apresente um planejamento de negócios, bem resumido, não esqueça de apontar riscos e alternativas, mostre que é uma ideia consistente e aplicável.Busque apresentar como você se financiará, fale sobre possíveis parcerias, publico alvo etc.  Aqui você deve deixar claro que não está fazendo utopia, mas sim, trabalhando com um projeto real.

Áreas de desenvolvimento Mostre quais são suas expectativas para desenvolvimento futuro, onde você pode crescer, como expandir, que áreas ainda podem ser exploradas etc.

Dicas gerais

-Não fale muito sobre pouco, você só tem uma folha para a carta e duas para o projeto.

-Utilize o Corpus Coca para resolver suas dúvidas de gramática

FsXja4E-Antes do projeto, seja um stalker  do EIT, sem dó, busque as tendências, quais foram as summer schools do ano passado, o que estão procurando inovar. Os avaliadores estarão ligados nesses assuntos, se você propôr algo realmente bom suas chances serão obviamente maiores.

-Converse sobre o assunto com seus amigos e colegas, muitas vezes numa conversa informal surgem ideias brilhantes e alguns problemas que você não vê seus colegas poderão indicar.

-Comece antes, não deixe pra ultima hora, especialmente quando você teve a ideia e ficou animado com ela, não perca tempo, pare tudo que está fazendo e escreva-a antes que ela fuja.

-Vai mandar nas primeiras semanas de janeiro? Não esqueça que no natal e ano novo nada funciona, nem você, então deixe tudo redondinho antes, e isso vale também para os demais documentos.

-Utilize a psicologia ao seu favor, ninguém gosta de ler um texto falando “eu sou o bom, eu sou o bom e eu sou o bom”, tente mostrar suas capacidades de forma não arrogante.

79a-Like a lord, but not that much, esse foi sem dúvidas o documento mais formal que eu já escrevi em inglês, é um documento formal, vale milhares de euros, é sua oportunidade. Todavia, utilizar o pouco espaço com perfumarias formais pode não ser uma boa ideia. Simples, sucinto, direto e formal, faz parte do desafio =).

Processo de Seleção para Mestrado do EIT ICT Labs

Essa é a dúvida que mais me tirou noites de sono, o processo todos sabem, se não souber me chama que eu arrocho com você o site de informações sobre o mestrado é bastante claro e objetivo. Vou tentar explicar como funcionou o processo para mim (peguem a pipoca Senhoras e Senhores), e explicar alguns dos cuidados que tive durante o processo.

PERÍODO DE INSCRIÇÕES

thisisgoodSão abertos dois períodos de inscrições um para as vagas regulares e um segundo para as vagas remanescentes, irei focar nas vagas regulares, que são as mais interessantes para quem é cidadão não europeu e pretende concorrer a uma bolsa de estudos.

As inscrições do primeiro período são divididas em duas etapas, sendo que em 2015 as submissões da primeira etapa encerraram dia 15 de janeiro e da segunda etapa em 27 de fevereiro. Iniciei a coleta de documentos em outubro para ter tudo pronto em janeiro sem stress com natal, férias e etc. Enviei no dia 15 de janeiro, o resultado sairia em um tal de early march. Alguns problemas administrativos ocorreram (sou sortudão mermo rapaz), recebi a oficialização do aceite em 19 de março e a nomeação para bolsa de estudos apenas no dia 1 de abril. (e não foi piada, espero)

Vale notar que o processo do primeiro período é organizado pelo main office da Master School, as demais universidades podem ajudar bastante com informações mas não lidarão diretamente com o seu processo.

 

ESCOLHA DO PROGRAMA

dontknowA escolha dos programas é um ponto crucial do processo, aqui você pode fazer algo muito certo ou muito errado. Lembre-se que você deverá escrever um projeto, que deverá estar alinhado com o programa de estudos que você escolher.

Portanto, tire seu tempo e vá para a página dos programas e com muita calma escolha o que melhor se encaixa com seu projeto. Para o documento de proficiência você precisa ter essa decisão concluída. Ainda, é oferecido um track-finder onde você pode relacionar as Universidades e os estudos sem dificuldade.

A documentação do site é bastante completa.

 

DOCUMENTOS

Minha gente, aqui é que a porca torce o rabo. Tentarei detalhar os documentos e as instruções que segui.

Diploma: Já falei para vocês que estou fazendo o TCC? Então, fui até a secretaria acadêmica e solicitei uma declaração de que haveria uma possibilidade de eu me formar no primeiro semestre de 2015. Se minha Universidade oferece esse documento em inglês? Não, então traduzi e para minha felicidade a Secretária acadêmica topou assinar a versão em inglês. Cada Universidade tem seu procedimento nesses casos, uma passadinha no órgão responsável antes de seguir com a inscrição pode antecipar algumas dificuldades.

Para a matrícula já estou me preparando psicológica e financeiramente para solicitar uma tradução juramentada.

Histórico escolar na língua original e traduzido: Segui o mesmo procedimento do diploma, sendo que esse era assinado por pessoas diferentes. Se sua Universidade oferecer esses documentos em inglês, acredite em mim, você é uma pessoa de muita sorte.

Prova de proficiência: Cada Universidade participante do EIT apresenta um procedimento diferente e exigências diferentes, 6.5 de IELTS ou 92 no TOEFL resolvem qualquer problema. Com um pouco de sorte, as Universidades que vão te recepcionar podem ter exceções, e você pode economizar um dinheiro nos testes. Para ver as exceções é necessário saber quais Universidades você vai escolher, feito isso, basta entrar aqui  e rolar até o fim da página onde estão as exceções.

Fui uma das pessoas de sorte, tinha 42 ECTs de aulas cursadas no idioma inglês e isso estava claramente descrito no meu histórico, as Universidades que escolhi (ELTE e UNITN) aceitavam isso como prova de proficiência.

Curriculum Vitae: Até nos cursos de inglês os Professores nos ensinam a fazer um CV como sendo um documento simples, de no máximo uma página, extremamente resumido. Bom esse documento que os professores de inglês ensinam não é o CV mas sim um resume. O CV solicitado pelo EIT, é um documento completo, com toda sua carreira profissional e acadêmica detalhada. Há muitos bons modelos para você se basear na Internet, as regras de não colocar o inútil continuam, todavia, não se limite à uma folha.

Passaporte: Elementar jovem, neste momento você já deverá ter esse famoso documento pronto.

Documento que explique como funciona o GPA ou Ranking da Universidade: Esse é opcional, como minha Universidade apenas apresenta isso no Estatuto e de forma bem complexa, acabei optando por “deixar quieto” isso.

Duas Cartas de Recomendação: Duas cartas, em inglês, bem escritas e bem fundamentadas vindas de pessoas que realmente tenham trabalhado com você e possam passar recomendações suas para o colegiado que avaliará sua inscrição. Aqui é a hora que você deve lembrar seu orientador daquele dia que ficou até tarde escrevendo artigo para entregar na semana seguinte.

Passe algumas instruções básicas para a pessoa, diga do que é o mestrado e o que eles procuram nos profissionais (inovação, empreendedorismo etc). Assim, fica mais fácil para a pessoa já descrever seu perfil. Ideal para essa carta é que ela seja escrita em papel timbrado da Universidade/Departamento/Empresa e que tenha o contato direto da pessoa que está assinando.

takingnoteATENÇÃO: No Brasil é muito comum que as cartas de recomendação sejam enviadas sem passar pelo candidato diferente o que acontece nesse processo. Você enviará as cartas, portanto, lembre-se de informar isso à pessoa que estiver escrevendo a carta para você. Meu orientador enviou por e-mail ao Admissions Office, isso tudo em período de férias. Por muita sorte, recebi a carta nos 45 do segundo tempo (dia 15 ao meio dia, sendo que as inscrições terminavam naquela tarde).

PROJETO e CARTA DE MOTIVAÇÃO: Essa é a parte mais trabalhosa e importante de todo o processo, são muitas as ponderações a serem feitas. Por esse motivo, vou deixar esse assunto para o próximo post. =)

 

ATUALIZAÇÃO 08/04 12:41

Alguns candidatos se reuniram e criaram um grupo no Facebook, há inclusive alguns veteranos para dar uma força por lá. https://www.facebook.com/groups/eit.ict

EIT ICT Labs Masterschool

downloadOi,

Hoje vou apresentar o EIT ICT para vocês e tentar ilustrar um pouco o porque eu acho que essa brincadeira é uma grande oportunidade.

Conheci o EIT quando estudava na ELTE onde toda semana tihamos os “Professional Series”, que nada mais eram do que palestras sobre empreendedorismo com donos de empresas e gerentes de multinacionais. Isso me chamou a atenção, além de café expresso a vontade, aquele lugar se preocupava em ensinar empreendedorismo aos seus estudantes. Foi em uma conversa informal que conheci a Zsofia Lóvas, (uma espécie de babysitter da galera, como ela mesma se coloca ehhe), ela apresentou para mim e para meus amigos como funcionava o EIT, o interesse foi imediato. Após algumas aulas lá, tive certeza que iria tentar a matrícula.

O mestrado do EIT ICT é realizado por duas instituições de ensino, uma de entrada e uma de saída, na entrada são realizadas matérias gerais de empreendedorismo e na saída são realizadas matérias mais específicas. Todas as universidades são de excelência e muito bem conceituadas no contexto global.

Alguns dos pontos que me fizeram ver isso como A OPORTUNIDADE:

1- Dupla Diplomação: Isso é algo que demanda uma burocracia danada, e aqui está pronta, faz parte dos seus estudos.

2- Contato com a indústria: O EIT é formado também por indústrias, ele é alinhado com o que o mercado precisa e deseja, os estudantes saem preparados para os desafios.

3 – Experiência cultural: Ter contato íntimo com a indústria em dois países diferentes (além do de origem) pode ser extremamente proveitoso para quem deseja ser capaz de enfrentar as peculiaridades do mundo globalizado.

4- Estágio: Esse eu vi com meus próprios olhos, a oferta de estágio para os estudantes do EIT são loucura.

5- É um MsC: Quem Capes foi que disse que não há mestrado acadêmico no exterior? O mestrado além de estar bem alinhado com o campo profissional é um mestrado acadêmico.

6- Empreendedor e inovador: É isso que eles desejam, é esse o espírito que o candidato deve ter, é isso que eu queria.

7- Mentores: Todos os estudantes terão mentores, gerentes de companhias que orientarão os estudantes não só academicamente, mas principalmente no campo profissional.

8 – Summer Schools: Todo verão o pessoal se reúne e discute ações inovadoras capazes de resolver desafios atuais.

9- Bolsa de Estudos para não EU Students: Se você ficar entre os primeiros colocados da seleção, você será contemplado com uma bolsa de estudos mais do que integral, que além das mensalidades, poderá ainda receber auxílio mensal para estadia.

10 – Muito muito mais: Tem ainda os Kick Offs, os desafios e muitas outras coisas que estão sempre sendo criadas para os estudantes, com certeza estou esquecendo alguma coisa, mas você pode ficar ligadão no site do EIT e nas redes sociais onde eles estão sempre postando o que acontece por lá.

Um resumo legal disso tudo, no vídeo abaixo:

Oi,

Então,

Recentemente fui aceito no programa de mestrado do EIT ICT Labs, muita gente veio me pedir informações de como se inscrever, como escrever o projeto, e eu realmente gosto muito de falar sobre isso, então decidi que estava na hora de colocar tudo isso num blog para que mais pessoas possam saber como funciona toda essa brincadeira.

Da última vez que estive estudando no exterior, mais precisamente Budapeste na Hungria, fiquei devendo um “diário” de viagem, então acho que está na hora mesmo de descarregar o nervosismo e as experiências em algumas linhas =)

Quem é o Charles? 

Charles é um acadêmico, formando em Sistemas de Informação pela Universidade do Estado de Santa Catarina(Udesc ou se você for de Floripa, UDEXXXC) , estudou a vida toda em escola pública e tem um sério problema de déficit de atenção, Atualmente estou fazendo apenas meu TCC e estágio, minha carta de aceite no mestrado é condicional, e bom, ainda não sei exatamente como isso funciona, apenas sei que tenho que me formar.

Sou orgulhosamente natural de Seara, no oeste de Santa Catarina, morei já em Jaraguá do Sul, Ibirama onde curso a Universidade, Budapeste onde fui bolsista de graduação sanduíche na ELTE (Eötvös Loránd University) e atualmente moro em Joinville onde trabalho como desenvolvedor web na Yogh.

Okay, um monte de informações aleatórias para um primeiro post sem foco. O resto a gente vai conversando.